Perspectivas para Segurança Pública do Estado até 2030 são discutidas em Florianópolis PDF Imprimir E-mail

Foto 1 - seguranca publica em 2030 20170623 1710006667 450 x 300

 

 

 

 

Florianópolis (23.06.2017) - Aumentar a percepção de segurança das pessoas, diminuir a criminalidade e consolidar políticas públicas preventivas foram alguns dos objetivos propostos pelos participantes do workshop de Segurança Pública nesta quinta-feira, 22, na Fundação Escola de Governo (ENA), em Florianópolis. Representantes do Governo do Estado e da sociedade civil organizada colaboraram com o Plano de Desenvolvimento Catarinense para 2030, coordenado pela Secretaria de Estado do Planejamento com apoio da UFSC.

 

 

Segundo o Atlas da Violência do IPEA de 2017, apesar de Santa Catarina ser um dos estados brasileiros com menor taxa de homicídios dolosos por 100 mil habitantes, houve crescimento na taxa de homicídios por 100 mil jovens na faixa etária de 15 a 29 anos de idade.

 

 

"Entre 2010 e 2016, em um curto espaço de tempo, houve aumento das taxas de ocorrências de tráfico de drogas e aumento dos homicídios, especialmente entre os jovens. Isso revela uma relação direta entre uma responsabilidade social, das pessoas, com a sociedade que é o aumento do consumo de drogas e por consequência um aumento das mortes violentas entre a população mais jovem.", analisou o professor da UFSC Pablo Bittencourt.

 

Foto 2 seguranca publica em 2030 20170623 1338861960 550 x 366

 

Outra área de atuação da Segurança Pública, a prevenção de acidentes, incêndios e mitigação de desastres naturais também foi debatida pelos representantes do Governo e da sociedade civil organizada. Tanto o trabalho de fiscalização realizado pelo Corpo de Bombeiros, quanto a atuação da Defesa Civil em monitorar o clima e orientar as pessoas compõem ações preventivas.

 

 

Participaram do workshop representantes das secretarias estaduais de Segurança Pública, Justiça e Cidadania, Defesa Civil, Saúde, Educação, Assistência Social, Trabalho e Habitação, Planejamento e Fazenda, além das polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros, IGP, Detran, Associação de Mobilidade por Bicicleta e Modos Sustentáveis (Amobici) e Movimento ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) Nós Podemos SC.

 

 

Propostas de objetivos estratégicos:

 

- Reduzir a incidência de violência e criminalidade no estado de SC através de ações integradas e intersetoriais 


- Fomentar medidas preventivas focadas na participação de cidadãos e cidadãs


- Reduzir o crime


-Reduzir mortes no trânsito


- Mitigar as perdas humanas e de patrimônio por incêndios, acidentes e desastres em geral


- Consolidar políticas públicas preventivas, por meio de legislação, voltadas para a criança e o adolescente, comprometidas com a dignidade da pessoa humana, de forma sistemática e transversal.


- Criação de um banco de dados integrado, estadual.


- Reduzir o risco de violência e aumentar a percepção de segurança em Santa Catarina, com ênfase em políticas de prevenção e política de assistência integral à cidadania


- Ampliar o efetivo e a qualidade de pessoal ligado à segurança pública, com investimento em inteligência, tecnologia e valorização profissional


- Direcionar as políticas públicas para causas dos problemas de violência, criminalidade e desastres em áreas urbanas e rurais
- Ampliar a segurança e a sensação de segurança


- Desenvolver uma política de segurança pública para o crime organizado


- Reduzir a incidência dos crimes contra a vida


- Garantir a reintegração social das pessoas privadas de liberdade e dos adolescente em medidas socioeducativas


- Reduzir a incidência de crimes ambientais

 

Sobre o Plano de Desenvolvimento de Santa Catarina 2030

 

O Plano de Desenvolvimento de Santa Catarina 2030 abordará quatro grandes dimensões: Desenvolvimento Econômico, Desenvolvimento Social, Infraestrutura e Meio Ambiente e Gestão Pública. É uma iniciativa do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Planejamento, em cooperação com a UFSC e com apoio da Fapesc.

 

 

Será construído de forma participativa a partir do estabelecimento de indicadores, metas, objetivos e estratégias como instrumento auxiliar para a ação governamental em Santa Catarina. Busca responder as seguintes questões: onde estamos, aonde queremos chegar, como vamos chegar lá e com quais instrumentos de governança.

 

 

Até meados de julho serão realizados workshops setoriais abordando os temas: indústria, comércio, ciência e tecnologia; pessoal e finanças; cultura, esporte e turismo; saúde; educação; segurança pública; assistência social, trabalho e habitação; agricultura e pesca; meio ambiente; infraestrutura; mobilidade urbana. Depois dessa etapa, a equipe técnica fará entrevistas com especialistas de cada área e apresentará o conteúdo em workshops regionais (Grande Florianópolis, Litoral Norte, Litoral Sul, Planalto Serrano, Planalto Norte, Alto Vale do Itajaí, Meio-Oeste e Oeste).

 

SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA
Rua: Avenida Governador Ivo Silveira, 1521, bairro Capoeiras/SC, Continente, CEP: 88.085.000   -  Fone: (48) 3665-8100

Email: gabinetesecretario@ssp.sc.gov.br

Atendimento Público: 13h as 19h